Os serviços de saúde que você conhece e desconhece em Patos de Minas

11/04/2013 18:09

Unidade de Pronto Atendimento (UPA)

Escrita por: Alysson Faria

A população que depende da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Avenida Marabá, em Patos de Minas, no Alto Paranaíba, contam com apenas um médico para atendimento. Normalmente, o expediente é feito por quatro médicos, sendo três clínicos e um pediatra.

De acordo com secretário Municipal de Saúde, Dirceu Deocleciano Pacheco, um dos clínicos que deveria estar trabalhando pediu exoneração há duas semanas. “Nós ainda não conseguimos substituí-lo e dois outros apresentaram a justificativa, um pediatra e um clínico, em cima da hora e não foi possível substituí-los.”

Segundo a Prefeitura, a UPA vai atender apenas pacientes internos e os casos de urgências e emergências. A Secretaria Municipal de Saúde orienta que as pessoas que estão em casos de urgências com menor complexidade, procurem uma Unidade Básica de Saúde (UBS).

O secretário acredita que essa semana ainda a situação esteja melhor e que seja resolvida de forma definitiva. “As enfermeiras e a gerente da UPA estão fazendo o acolhimento das pessoas e com toda a certeza o prejuízo é muito grande.”

Dirceu Deocleciano informou ainda que o Prefeito, Secretário de Administração e a Procuradoria Geral do Município pretende enviar um projeto de lei para a Câmara, ainda nesta semana. A tentativa é aprovar o mais rápido esse um reajuste dos valores dos plantões.

O trabalho do Samu

Escrita por: Pollyana Silva

 

Oferecer assistência médica emergencial, este é o principal trabalho realizado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Em Patos de Minas o sistema fica situado na Rua Lima Campos no Bairro do São Sebastião. e atende cerca de 180 ligações ao dia.

O serviço funciona 24 horas por dia e de acordo com coordenador geral do SAMU em Patos de Minas, Alexander Gonçalves, a ambulância gasta em média 10 minutos para atender uma pessoa, desde a ligação até o atendimento. São três ambulâncias, duas básicas e uma com equipamento de UTI, Unidade de Terapia Intensiva.

A equipe das ambulâncias consiste em um médico, um técnico de enfermagem e um enfermeiro, sendo que o motorista também realiza primeiros socorros se necessário. O serviço é compreendido na área do município e os pacientes assistidos são encaminhados para os hospitais da cidade ou mesmo a UPA, localizada na Avenida Marabá, de acordo com cada caso. Casos como o enfermo, pessoa ferida ou parturiente; sempre todos em situação de urgência ou emergência.

De acordo com o técnico de enfermagem Natal Rocha os acionamentos mais realizados pelos usuários são os de casos clínicos (desmaios, dores abdominais e crise convulsiva), já os atendimentos externos prevalecem os acidentes de trânsito e as quedas da própria altura.

As ligações mais comuns para o serviço são feitas em domicílio, cerca de 50%. O que mais preocupa a equipe são os trotes, por isso, sempre que possível são feitas várias campanhas, principalmente com as escolas para conscientizar sobre os problemas que os trotes podem causar.

Para os usuários do serviço o atendimento prestado pelos profissionais está na sua excelência, o único problema é a demora que ocorre às vezes. “Todas as vezes que alguém da minha família precisou fomos bem atendidos, mas ainda sim acho que a ambulância demora muito a chegar a minha casa”, comenta o pedreiro Paulo Ferreira. O coordenador do SAMU Alexander Gonçalves, explica que acontecem várias situações para que a demora aconteça, uma delas é dificuldade de transito principalmente no horário de maior movimento. “As pessoas demoram muito para visualizar e dar passagem à ambulância, além da dificuldade de transitar durante o horário de pico.” Comenta Gonçalves. Para ele o atendimento ao paciente pode ser mais rápido a partir da conscientização das pessoas.

 

SAIBA MAIS

Você sabe qual o tipo de atendimento o SAMU faz? E a UPA da Avenida Marabá? E o Corpo de Bombeiros

Leia mais: http://kentrenosjornalismo.webnode.com/news/voc%c3%aa-sabe-qual-o-tipo-de-atendimento-o-samu-faz-e-a-upa-da-avenida-maraba-e-o-corpo-de-bombeiros-/

 

Projeto para reduzir os trotes no SAMU

http://kentrenosjornalismo.webnode.com/news/projeto-samuzinho/

© K Entre Nós Jornalismo UNIPAM. Tem todos os Direitos reservados.

Crie um site gratuitoWebnode